Softwares para automação bancária, consultoria e treinamento em TI.

Sua Área

Idioma

ptafenfrdees

Tags

Nenhum marcador encontrado.

Área do Cliente

Área do Cliente

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

MIC

{tab Apresentação}

MIC - Diagrama

Implementa o atendimento bancário através de recursos baseados em comunicação pessoal, tais como: fax, e-mail, celular (móbile bank) ou computadores portáteis (palm bank) com tecnologia WAP ou GSM. Garante a operação on-line e a conveniência para o cliente.

A diferença é que, no primeiro, a interface com o cliente ocorre por intermédio de um browser de Internet, enquanto que, no segundo a interface é personalizada para cada tipo de rede e de aparelho. Além dos "torpedos" SMS em aparelho de telefonia celular pode ser utilizado o e-mail como dispositivo para a recepção de informações sobre a movimentação financeira. As informações são enviadas em documento eletrônico criptografado utilizando uma chave pessoal selecionada pelo cliente, garantindo o sigilo das informações.

O My Bank opera centralizadamente em relação a seus canais de atendimento e aos sistemas corporativos da Instituição.

{tab Módulos}

1) My-Social:

Provê suporte ao envio de informações através das 'redes sociais' e permite que o usuário fique informado sobre a movimentação de sua conta bancária enquanto utiliza sua rede social favorita, através de mensagens privativas - ou direct messages. A interação, atualmente, contempla o Twitter, Facebook.

2) My-SMS:

Provê suporte ao envio de informações a aparelhos de telefonia celular utilizando a tecnologia SMS – Short Messages, popularmente conhecida como "torpedo". As opções de informação ao cliente incluem:

  • Saldo no início do dia;
  • Ocorrência de um débito ou crédito acima de um valor selecionado pelo cliente;
  • Ocorrência de transação de certo tipo em sua conta.

3) My-Email:

Provê o fornecimento de informações por meio de correio eletrônico. Elabora um documento em formato PDF (Acrobat Reader) criptografado com uma senha escolhida pelo cliente, contendo as informações previamente solicitadas, e o envia para o endereço de correio eletrônico solicitado.

4) My-Fax:

Provê o fornecimento de informações a partir aparelhos de telefonia e aparelhos de fax. Modalidades do My-Fax:

  • Dial-in: o cliente liga para o número do banco e, ao ser atendido pelas URAs (Unidades de Resposta Audível), seleciona sua opção e informa os dados solicitados. Quando a opção for referente àquelas de Fax, o sistema solicita ao cliente a comutação para o modo fax ("sinal de fax") e imprime as informações disponíveis.
  • Dial-out: o My Bank toma a iniciativa de ligar para o fax do cliente e enviar as informações previamente solicitadas. Evita-se, dessa forma, a concentração de chamadas em um mesmo horário, tornando possível um melhor aproveitamento dos recursos disponíveis.

5) My-WAP:

Permite o acesso a informações a partir do browser do celular do cliente.

6) My-PDA:

Baseia-se na utilização de Personal Digital Assistents (PDAs) – dispositivos tipo Palm ou Pocket-PC – para a realização de transações. O My-PDA, em fase de construção, permitirá à Instituição levar alta tecnologia à área de vendas e atendimento, trazendo uma infra-estrutura completa para garantir maior eficácia e efetividade nas negociações com o cliente.

{tab Características Técnicas}

  • Linguagem Java de programação;
  • Arquitetura técnica dos sistemas: baseada na utilização de padrões de projeto (design patterns). Patterns J2EE são aplicados com o intuito de reduzir dificuldades a partir de soluções já consolidadas no mercado.
  • Framework EJB: agrega consigo um grande número de facilidades disponíveis no que diz respeito ao controle de persistência, segurança e gerenciamento transacional de componentes;
  • Repositório de regras de negócio contém os parâmetros que suportam as regras de negócio do My Bank, além dos arquivos internos de controle do sistema. O software é construído em camadas distintas e esta arquitetura é responsável por garantir a operação da Instituição, através dos vários canais, com unicidade de regras e atomicidade das transações;
  • Sistema de auditoria: todas as transações realizadas são registradas no log.
  • Base de dados: estão homologados os SGBDR Oracle 8i e 9i, DB2, Caché 5.0 e SQL Server 2000.
  • Plataforma operacional: qualquer um que permita o funcionamento de uma máquina virtual Java 1.4 ou superior e de um Application Server que atenda à especificação EJB 2.0, a exemplo de Windows, Linux (x86 e zSeries), AIX, Solaris e HP-UX.
  • Monitorização: agentes JMX.

{tab Benefícios}

  • Ampliação do atendimento;
  • Interação com o cliente e conveniência no dia-a-dia;
  • Acessibilidade e comodidade;
  • Garantia da operação on-line;
  • Redução de custos.

{/tabs}

Pin It